Implantes

O que é um implante?

Um implante dentário é um parafuso geralmente em titânio (também já existem implantes em zircónia), que é colocado cirurgicamente no osso maxilar de forma a substituir um dente perdido.
A fixação do implante ao maxilar dá-se através de um processo de íntima união entre ambas as estruturas chamado Osteointegração.

E como é feita a substituição do meu dente perdido?

O implante apresenta uma rosca interna e outra externa com diferentes funções: a rosca externa participa ativamente na osteointegração e a rosca interna visa fixar a estrutura que substitui o dente(s), seja ela uma coroa, ponte ou prótese.

Se perder apenas um dente que hipóteses de tratamento tenho?

Existem 3 hipóteses disponíveis- implante, ponte ou prótese removível, embora atualmente e se reunir as condições necessárias, a colocação do implante seja a mais confortável e a que menos compromete os dentes adjacentes.

Se não tiver nenhum dente no maxilar, que hipóteses de tratamento tenho?

Existem 3 opções de tratamento: próteses totais removíveis (geralmente chamadas de placas), prótese removível sobre attachments, prótese fixa aos implantes.
No maxilar superior, e tendo em conta a sua densidade óssea, o mínimo de implante necessário são 4 e no maxilar inferior são 2.

Quais são as maiores vantagens de fazer tratamento com implantes?

– Conforto e sensação de dente integrado na restante arcada
– Preservação de dentes adjacentes
– No caso de prótese removível sobre implantes, permite uma maior retenção da prótese com aumento significativo da qualidade de vida
– Manutenção do nível ósseo

Será que sinto os implantes como se fossem os meus dentes?

A sensação não será exatamente a mesma uma vez que a sensação de pressão é dada pelo ligamento periodontal apenas presente nos dentes naturais.

Será que posso fazer tratamento com implantes?

Praticamente todos os pacientes com um bom estado de saúde geral estão aptos a receber implantes. No entanto, alguns factores podem influenciar o sucesso do tratamento, sendo as principais: (colocar imagens ilustrativas das situações )
– Tabaco
– Diabetes Mellitus
– Toma de medicação à base de bifosfonados (para osteoporose)
– Doença periodontal

Casos particulares:
Adolescente – a formação óssea não está completa pelo que deverá adiar até ao estado adulto
Grávida – deverá adiar até ao fim da gestação por causa da limitação dos fármacos passíveis de serem usados.

Outra importante condicionante a este tratamento é a quantidade e qualidade do osso maxilar disponível. Caso não seja a adequada, dispomos de técnicas avançadas que promovem o aumento ósseo viabilizando, desta forma, a colocação de implantes.

Existe limite de idade para a colocação de implantes?

Não, a idade por si só não apresenta qualquer tipo de limitação para a colocação de implantes.

A cirurgia de colocação de implantes é dolorosa?

Não. Obviamente trata-se de um acto cirúrgico e, como tal, é administrada uma anestesia local como em qualquer outro tratamento dentário comum. Muitas vezes os implantes são colocados sem a necessidade de abrir a gengiva e suturar (dar pontos) o que proporciona um pós-operatório com menos dor e edema. O pós-operatório pode ainda ser melhorado através de medicação específica que a nossa equipa poderá prescrever-lhe, caso seja indicado. Desta forma, após a cirurgia é possível, na maioria dos casos, que mantenha a sua vida sem necessidade de restrições.

Quanto tempo demora este tratamento?

Poderá acontecer uma de 2 situações: (esquema dinâmico com colocação de implante com cicatrizador ou com coroa provisoria)

Implante com carga imediata: a adequada estrutura óssea possibilita a colocação de uma coroa, ponte ou prótese provisória sobre o/os implantes no próprio dia da cirurgia, proporcionando-lhe mais conforto e comodidade no restante período em que decorre o tratamento.

Implante com carga diferida: após a colocação dos implantes estes deverão permanecer em “repouso” por um período que varia entre 2 a 6 meses para que possa ocorrer osteointegração. Após esse período, obtemos a segurança clínica necessária para se proceder à respectiva reabilitação com coroa, ponte ou prótese.

Existe perigo do implante ser rejeitado pelo meu organismo?

A taxa de sucesso dos implantes é alta (com valores superiores a 90%), mesmo após muitos anos em função mastigatória podendo manter a sua performance por períodos superiores a 35 anos.

Porém, existe, uma pequena probabilidade de perda do implante (não ocorrência da osteointegração), em cerca de 7% dos casos. Nesses casos o implante é removido facilmente, podendo frequentemente instalar-se um novo implante no local cirúrgico.

A periimplantite (doença que compromete o osso e a gengiva que rodeiam o implante). é a principal complicação biológica resultante de uma má higienização dos implantes. Desta forma, é essencial o acompanhamento regular nas consultas de manutenção/ Higiene oral para prevenir e diagnosticar precocemente qualquer alteração.
Na Arcos-médica prestamos todo um serviço de apoio pós-tratamento através das nossas higienistas orais que programam e agendam consigo as consultas periódicas de acompanhamento e controle do tratamento efectuado.

O que é a técnica de elevação de seio maxilar?

Na ausência de altura óssea no maxilar superior para a cirurgia de implantes, poderá ser necessária a colocação de enxerto ósseo de forma a elevar a zona “oca” do seio maxilar e permitir ter a altura óssea necessária para a aplicação do implante. ( Colocar esquema dinâmico desta técnica)

O que é a técnica de all-on-four?

A técnica para reabilitação do desdentado total All-on-4, é um procedimento cirúrgico e protético que consiste na reabilitação da maxila e/ou da mandíbula edêntulas com próteses fixas através da colocação de quatro implantes, permitindo a colocação de uma prótese fixa provisória com 12 a 14 dentes imediatamente no dia da cirurgia. Após alguns meses procede-se à execução da prótese definitiva. ( Colocar esquema dinâmico desta técnica)

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam.

Pedro Franco

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam.

Pedro Franco

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam.

Pedro Franco