1

O que é um branqueamento dentário?

O branqueamento é um tratamento que visa a melhoria da estética dos seus dentes através da alteração da sua coloração para uma tonalidade mais clara, sem com iss destruir ou remover a superfície do esmalte.

 

Quando é indicado efectuar este tratamento?

Existem inúmeras razões pelas quais poderá necessitar de um branqueamento dentário. Entre as mais frequentes encontram-se o escurecimento dos seus dentes devido ao consumo de determinados alimentos, bebidas e ao fumo do tabaco. Por outro lado, a toma de determinados antibióticos, a presença prolongada de tártaro e a existência de microfracturas no esmalte (que levam a uma maior retenção de pigmentos) poderão ser responsáveis por uma coloração menos estética dos seus dentes.


Será que posso fazer um branqueamento dentário?

Qualquer pessoas pode fazer um branqueamento desde que tenha uma condição de saúde oral satisfatória, sem cáries nem problemas de gengivas e uma boa higiene oral.

Como é feito este tratamento?

Os dentes são branqueados através da acção química de um gel que poderá ser aplicado por um médico dentista no nosso consultório ou, por si, em sua casa.

2

Qual é a diferença entre o branqueamento efectuado na clínica ou em casa?

Quando efectuada na clínica, o dentista aplica o gel fazendo incidir laser ou outra fonte de luz intensa para acelerar o processo, sendo apenas necessárias 1 a 2 sessões para se obter o efeito desejado.
Caso seja feito em casa, irá utilizar durante algumas horas todos os dias, as moldeiras executadas na nossa clínica e especificamente adaptadas à sua boca. Nessas moldeiras irá colocar o gel com efeito branqueador até obter o efeito desejado (poderá demorar cerca de 2 semanas).

Será que o tratamento também branqueia as restaurações que já tenho nos meus dentes?

Não. Por isso irá provavelmente ter de se substituir as restaurações/coroas antigas que se encontrem em zonas estéticas uma vez que estas não sofrem acção dos produtos branqueadores. Se não o fizer estas ficarão mais escuras comparativamente aos dentes branqueados.

Pretendia branquear um único dente que foi desvitalizado e está escurecido. Será possível fazê-lo?

Após o tratamento endodôntico, muitos dentes ficam descolorados. Nesse caso recorre-se a um branqueamento interno, ou seja, é colocado um produto branqueador no interior do dente tratado de forma a que este altere, progressivamente, a sua cor para um tom mais claro.

Existem alguns efeitos secundários a este tratamento?

Sim. Em certos casos poderá ocorrer sensibilidade dentária às variações térmicas que desaparecerá no máximo, ao fim de 2 semanas.

3

O branqueamento dentário é um tratamento definitivo?

Não. Se os dentes forem submetidos aos mesmos agentes que os escureceram anteriormente o esmalte dentário voltará gradualmente à sua cor original. A durabilidade do efeito produzido pelo branqueamento poderá ir até aos 4-5 anos (nos casos mais favoráveis) e irá depender principalmente do facto de manter ou não diversos hábitos adquiridos ao longo da sua vida (café, tabaco, etc.)

Que cuidados devo ter após efectuar este tratamento?

Não deverá fumar e deverá evitar os alimentos e bebidas pigmentadas (café, chá preto, Coca-cola, esparregado, beterraba, etc.). Para além disso, caso apresente elevada sensibilidade dentária, evite os alimentos muitos frios ou quentes assim como ser-lhe-á útil aplicar uma pasta dentífrica para dentes sensíveis.